fbpx
Prêmio será entregue durante a 26ª Festa da Cultura Açoriana em SC

PENHA - Na próxima sexta-feira, dia 09, serão conhecidos os vencedores do Troféu Açorianidade, concedidos pelo Núcleo de Estudos Açorianos da Universidade Federal de Santa Catarina (NEA/UFSC). O prêmio será entregue durante a Festa da Cultura Açoriana em Santa Catarina (Açor 2019), que será realizada pela terceira vez no município de Penha, na última semana deste mês de agosto, em data a ser definida. Em três categorias com indicações únicas os nomes dos agraciados já estão definidos. O escritor Cláudio Bersi de Souza receberá o Troféu Ilha Graciosa na categoria historiador, os Foliões do Divino receberão o troféu Ilha Terceira, na categoria grupo folclórico, e a Prefeitura de Penha receberá o troféu AÇOR.

O prêmio instituído em 1996 é entregue anualmente com o objetivo de reconhecer a dedicação de pessoas e instituições que valorizem a cultura de base açoriana no estado. A programação da 26ª Açor deve ter ainda apresentações culturais, exposições, gastronomia, palestras e oficinas sobre a cultura do litoral catarinense, que tem forte influência dos povos que vieram do arquipélago dos Açores em meados do século 18.

Vencedor na categoria historiador, Cláudio Bersi atua também como escritor, jornalista e romancista. É autor de mais de 30 livros, entre biografias, pesquisas e romances, além do Hino de Penha e outras produções. 

“É muito gratificante receber esse prêmio. Ao longo de minha vida, me dediquei bastante à cultura açoriana, inclusivo escrevi o livro Açorianos de Lá e de Cá, onde faço um resgate da história da imigração açoriana aqui na região. Essa premiação é uma forma de boa consideração. Agora é aguardar a festa e comemorar” - contou Bersi ao Expresso das Praias. 

Os foliões do Divino são os tocadores oficiais da Festa do Divino Espírito Santo. Trata-se de uma agremiação musical religiosa e típica com mais 183 anos de existência, e várias formações. Eduardo Bajara, diretor de cultura de Penha, pontua a importância do grupo para a identidade cultural do município.

“O grupo de foliões ajuda a não deixar a tradição morrer. Nosso município foi povoado por descendentes de açorianos e muito da nossa cultura como dialetos e festas veio deles. [...] Com a preservação é possível aprender mais do nosso passado e entender melhor a nossa história, de quem somos”.

Todos os anos são entregues 11 ou 12 troféus. Algumas pessoas e instituições do município de Penha já foram agraciadas em edições anteriores da Açor. Confira:

1-Troféu Ilha de São Miguel – homenageia a Instituição de Ensino Superior ou Cultural de SC

2-Troféu Ilha Terceira – homenageia um Grupo Folclórico

Grupo Folclórico Itapocoróy – Penha (2000) 
Mastro de São Sebastião de Itapocoróy – Penha (2012)
Foliões do Divino – Penha (2019)

3-Troféu Ilha do Faial – homenageia uma Administração Municipal Destaque

Prefeitura de Penha (2002)

4-Troféu Ilha do Pico – homenageia um Mestre dos Saberes e Fazeres

5-Troféu Ilha de São Jorge – homenageia uma Personalidade

6-Troféu Ilha Graciosa – homenageia um Pesquisador e ou Historiador

Maria do Carmo Ramos Krieger – Penha (2015)
Cláudio Bersi de Souza – Penha (2019)

7-Troféu Ilha das Flores – homenageia um Artista Plástico

8-Troféu Ilha de Santa Maria – homenageia uma Empresa ou um Veículo de Comunicação

Restaurante Pirão D’Água - Penha (1998)

9-Troféu Ilha do Corvo – homenageia um Artesão

10-Troféu Ilha de Santa Catarina – homenageia uma Escola do Ensino Fundamental ou Médio.

Escola Municipal Rubens João de Souza – Penha (2003) 
Escola Especial Henny Coelho APAE – Penha (2005)

11- Troféu Açorianidade/AÇOR  - O município sede da Festa Anual da Cultura Açoriana de Santa Catarina recebe-o sem concorrer às indicações e votações. 

Prefeitura de Penha. (1997)
Prefeitura de Penha. (2019)

12- Troféu Açorianidade Especial – Homenagem especial a pessoas e/ou instituições.

Leia também: 
  • 1
  • 2
X

Right Click

No right click