Publicidade
Promenac Penha - Mais perto de você
Show com Roberto Leal e grupos folclóricos são as atrações da programação

REGIÃO - Entre os dias 16 e 18 de novembro a herança do povo que ajudou a povoar o litoral catarinense é lembrada na 25ª Festa da Cultura Açoriana (Açor 2018). O evento tem entrada gratuita e contará com mais de 40 atrações culturais e exposições de artesanato de diferentes cidades do estado.  Entre os destaques da programação, o público poderá acompanhar o show com o cantor português Roberto Leal, nesta sexta-feira, dia 16, às 22h.

No sábado (17), o destaque será o desfile etnográfico, com grupos folclóricos, boi-de-mamão, coral, contação de histórias e danças típicas. Também está marcada para o domingo (18) missa com encontro das bandeiras e folias do Divino Espírito Santo, às 9h30, na Igreja Senhor dos Passos, em frente à Praça da Bandeira.

Publicidade

A presidente da Fundação da Cultura de Porto Belo e do Colegiado de Cultura da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (Amfri), Cristiani de Jesus, destaca que é uma honra para o município sediar a festa em 2018, resgatando a contribuição açoriana para a formação da identidade dos municípios do litoral.

2018_11_15_13h_portobelo_acor_roberto_leal.jpg2018_11_15_13h_portobelo_acor_divino.jpg width=
Show com Roberto Leal e encontro de devotos do Divino estão na agenda

"Estamos aguardando um grande público, todas as escolas da Rede Municipal estão trabalhando sobre cultura açoriana e se preparando para o lindo desfile que teremos. O Açor é uma forma de a cidade conhecer a sua cultura, desde as crianças nas escolas até os adultos participantes", enfatiza a presidente.

A Prefeitura de Porto Belo e a Fundação da Cultura promovem a 25ª Açor com apoio da Amfri. O Colegiado de Cultura da entidade e o Consórcio Intermunicipal de Turismo Costa Verde e Mar também estarão presentes representando todos os municípios com um espaço que divulga o roteiro cultural da região. 

Penha recebe a próxima edição

Um stand sobre o município que vai sediar a Açor 2019 também está montado na festa. No espaço, servidores da prefeitura divulgam movimentos culturais da cidade e o público poderá observar objetos que remetem à história de Penha, como alguidares, balaios e redes de pesca.

“Além disso, teremos fotos antigas da cidade e dos monumentos históricos de Penha relacionados à cultura açoriana, como a Capela de São João Batista, construída em 1759”, adiantou o Diretor de Cultura de Penha, Eduardo Bajara.

A cidade também fará apresentações culturais, com o Coral Laci Simão Corrêa, apresentação do Grupo Itapocoroy, Dança de São Gonçalo, Missa do Encontro das Bandeiras e folias do Divino e o Mastro de São Sebastião.

Em 2019, Penha será palco do 26º Açor. No final da festa deste ano em Porto Belo, o público será oficialmente convidado para visitar Penha no próximo ano, mantendo viva a tradição açoriana do litoral catarinense.

“Penha é um dos 47 municípios integrantes do Núcleo de Estudos Açorianos (NEA) da UFSC. São cidades do norte ao sul do estado, a maioria do litoral. Penha tem um destaque maior por ser a única cidade que ainda preserva a passagem do Mastro de São Sebastião, há mais de 300 anos”, completa o diretor.

Leia também:
 
 
 
 
* COM INFORMAÇÕES DA AMFRI E PMP
Publicidade
  • 1
  • 2
Publicidade
Rádio Pérola FM
X

Right Click

No right click