fbpx
Sem apoio público, cadeia produtiva é afetada por cancelamento de eventos
Compartilhe:

REGIÃO - Pra levantar o impacto local da crise provocada pela pandemia de Covid-19, as fundações municipais e secretarias de cultura realizam até o próximo dia 29 pesquisa voltada aos artistas que atuam na Foz do Rio Itajaí.

O questionário está disponível no endereço https://forms.gle/8hBDUNzNTdVDghHs7 (Piçarras) e http://www.penha.sc.gov.br (Penha).

Continua depois da Publicidade

O prazo foi prorrogado para que mais trabalhadores participem do levantamento que é promovido pela Associação dos Municípios da Região (Amfri). Podem participar artistas, produtores, agentes ou gestores, conselheiro de cultura, integrantes de setoriais, vinculado a algum coletivo ou autônomo, formalizado ou informal.

Bares, galerias, cinemas, teatros e casa noturnas fechados, feiras, shows e outros eventos suspensos. Diante desse cenário de incertezas, artistas e outros trabalhadores ligados ao setor cultural estão desassistidos por políticas públicas emergenciais desde o início da quarente em Santa Catarina, dia 17 de março.

Ainda há artistas que não responderam o questionário. E é muito importante que essas informações sejam coletadas em maior quantidade possível, pois quanto mais dados tivermos mais assertivas serão as medidas de auxílio”, solicita a presidente da Fundação Municipal de Cultura de Piçarras, Silvana Rebello.

Em Piçarras, Barra Velha e Penha, além do fechamento de bares e de espaços para exposição e apresentações, as feiras de artesanato promovidas pelas Prefeituras foram suspensas durante a quarentena. As medidas de contenção à Covid-19 também levaram ao cancelamento de eventos que movimentam a cadeia produtiva do setor artístico local como as festas do Divino, Piçarraiá, Festival de Teatro e Festa do Pirão.

2020_05_21_12h05_picarraspicarraia.jpg
Cancelamento de festas como o Piçarraiá também afetam economia (Foto: Arquivo | PMBP)

Panorama Estadual

O levantamento também é realizado no âmbito do Conselho Estadual de Cultura (CEC), nos seguintes endereços:

→ Formulário para pessoas, iniciativas, grupos, empreendimentos ou coletivos
https://bit.ly/LevantamentoCovid19_CulturaSC

→  Formulário para municípios (gestão pública)
https://bit.ly/LevantamentoCovid619_CulturaMunicipiosSC

Apenas no cenário da música, entre março e abril de 2019, ocorreram uma média de 6.600 shows e eventos em todo o país, gerando uma arrecadação média de mais R$ 11 milhões mensais em direitos autorais. Com a paralisação dos eventos, uma quantia semelhante de dinheiro deixou de ir a músicos e compositores, além de outros trabalhadores de setores correlacionados que atuam na produção e realização desses eventos.

Por meio dos dados levantados, o CEC tem como objetivos estruturar políticas públicas emergenciais, medidas de suporte e proposições para a redução dos impactos negativos gerados pela crise. 

Leia também:
"Pagode Clandestino": Polícia espera fim de quarentena para ouvir participantes
Reduzir prejuízos e diferenças durante isolamento deve ser prioridade para escolas
Compartilhe:
  • 1
  • 2