Publicidade
AstraZeneca

ESTADO - A Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina (SES), por precaução, decidiu suspender temporariamente a vacinação contra a Covid-19 de gestantes em todo o estado. 

A decisão se deu após a publicação de nota técnica da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na noite de segunda-feira (10). 

Publicidade

Em comunicado, a Anvisa aponta que a indicação da bula da vacina da AstraZeneca deve ser seguida à risca pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). 

"Esta recomendação é resultado do monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas contra Covid em uso no país. O uso off label de vacinas, ou seja, em situações não previstas na bula, só deve ser feito mediante avaliação individual por um profissional de saúde que considere os riscos e benefícios da vacina para a paciente. A bula atual da vacina contra Covid da AstraZeneca não recomenda o uso da vacina por gestantes sem orientação médica", informou a Anvisa em comunicado. 

 As vacinas disponíveis para a imunização desta etapa no estado - exceto em outras cinco cidades, que também contarão com doses da Pfizer -  são da AstraZeneca, feita com parceria com a Oxford e a Fiocruz. 

Continua depois da Publicidade

Em comunicado desta terça-feira (11), a SES informou que aguarda o  pronunciamento oficial do PNI do Ministério da Saúde e da Anvisa par orientar as equipes de imunização sobre a continuidade da vacinação das gestantes no estado. 

Conforme apurou o Expresso das Praias, Barra Velha e Penha irão seguir o estabelecido pela SES, portanto, também suspenderão, até segunda ordem, a vacinação em gestantes.

Leia mais:

Piçarras, Penha e Barra Velha iniciam vacinação de pessoas com comorbidades

 

Publicidade
X

Direitos Reservados

No right click