Publicidade
Covid-19

REGIÃO - Algumas cidades catarinenses estão sem estoque da CoronaVac para a aplicação da segunda dose da vacina na população. A lista inclui os municípios de Penha, Balneário Piçarras e Barra Velha, que tiveram de interromper essa etapa da vacinação nesta semana.

O Governo Federal deve encaminhar para Santa Catarina, na tarde desta quinta-feira (29), 218 mil vacinas. No entanto, a maior parte desse lote, 214,5 mil doses, são da AstraZeneca, para primeira aplicação, e apenas 4 mil são da CoronaVac, não resolvendo o problema de abastecimento.

Publicidade

Barra Velha, por exemplo, precisaria de mais de 300 doses para garantir a segunda aplicação na população, o que não deve acontecer, levando em consideração o quantitativo a ser recebido pelo estado hoje.

Em comunicado, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de Penha pediu aos idosos vacinados em primeira dose que aguardem o contato dos agentes de saúde para agendamento da segunda aplicação.

Segundo nota técnica da Secretaria de Estado da Saúde (SES), publicada no dia 19 de abril, o intervalo entre a primeira e segunda dose da CoronaVac passou a ser de 28 dias. Anteriormente, a recomendação era de 21 dias.

Continua depois da Publicidade

O problema é que mesmo com o espaçamento maior entre as aplicações, a janela está chegando ao limite, com algumas pessoas já tendo excedido esse período.

vacina oxford ricardo wolffenbüttel governo de sc 02584
Novo lote de vacinas chega em Santa Catarina nesta quinta (29). (Fonte: Ricardo Wolffenbüttel/Governo do Estado)

Explicações

Um dos motivos que pode explicar a escassez de doses foi a orientação do Ministério da Saúde, no dia 20 de março, que autorizou estados e municípios a usarem imediatamente, para primeira aplicação, as vacinas reservadas para segunda dose. A SES, por sua vez, seguiu a diretriz.

A expectativa do Governo Federal, à época, era de que a chegada de novas doses seria cumprida. No entanto, o Ministério da Saúde não conseguiu entregar o número prometido de vacinas nos meses de fevereiro e março. No mês passado, por exemplo, eram previstas cerca de 35 milhões de doses, mas foram entregues aproximadamente 27,6 milhões.

No último sábado (24), o Ministério da Saúde atualizou o cronograma de entrega de vacinas, reduzindo em 31% o número de doses previstas para maio. Na nova previsão, serão 32,4 milhões de doses. Previamente, a estimativa era de 46,9 milhões de doses.

Continua depois da Publicidade

Além disso, o Instituto Butantan, ficou quase duas semanas (entre 7 e 19 de abril), sem produzir novas doses por causa do atraso do IFA (insumo farmacêutico ativo), que vem da China. O lote do insumo deveria ter chegado até o fim de março, mas acabou chegando ao país somente no dia 19 do atual mês.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, anunciou nesta semana que a entrega de novas doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde deve ocorrer no dia 3 de maio, próxima segunda-feira.

dimas covas assessoria do governo de são paulo 41e5f
Diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, garante novo lote da CoronaVac para o Ministério da Saúde no dia 3 de maio. (Fonte: Governo do Estado de São Paulo)

1ª dose

Enquanto faltam doses da CoronaVac, os municípios da região continuam a vacinação, de primeira aplicação, com a vacina da AstraZeneca. 

Em Balneário Piçarras, o grupo prioritário atual é de 64 anos. A vacinação acontece em todas as unidades básicas de saúde (UBSs) da cidade, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Continua depois da Publicidade

Em Penha, também estão sendo vacinadas as pessoas com 64 anos. Por lá, a vacinação ocorre por agendamento feito pelos agentes de saúde, que fazem o contato direto com os cadastrados nas UBSs da cidade.

Em Barra Velha, a vacinação continua para os idosos de 65 anos. As aplicações no município também são agendadas por servidores da saúde.

Vacinômetro

Em Penha, o total de vacinados é de 4.074, em primeira dose, e 2.507, em segunda aplicação.

Conforme boletim da Covid-19 publicado na quarta-feira (28), Balneário Piçarras imunizou 3.872 pessoas com a primeira dose e 1.740 com a segunda.

Já Barra Velha tem 4.112 vacinados em primeira dose e 1.723 imunizados em segunda dose.

Publicidade
X

Direitos Reservados

No right click