Publicidade
Aumento de casos confirmados é de 13,5%; taxa de letalidade é quase o dobro da média estadual

PENHA - Com mais uma morte confirmada nesta semana, a 13ª desde a chegada da pandemia do novo coronavírus, o município também aderiu à força-tarefa com o Estado para garantir o cumprimento das regras de distanciamento social. A fiscalização em regime de plantão, inclusive aos fins de semana, e atenderá denúncias pelos telefones 3347-1926 (Vigilância Sanitária), 190 (Polícia Militar), ou pelo aplicativo PMSC Cidadão. 

A taxa de letalidade da doença no município é de 2,45%, quase o dobro da média registrada em Santa Catarina (1,29%), que é o epicentro da doença. 

Publicidade

Por meio de convênio entre município e estado, a Polícia Militar vai atuar junto com a Vigilância Sanitária, fiscais do Progama Dengue, Defesa Civil e o Departamento de Trânsito do Município de Penha (Detrapen).

Os moradores podem denunciar qualquer desrespeito às regras emergenciais de saúde no estado e município:

- Uso de máscaras obrigatório;

- Proibição da circulação em praias, praças e a aglomeração em residências;

- Lotação máxima em estabelecimentos comerciais de 30%;

- Sanitização dos ambientes de uso comum.

- Distância mínima de 1,5 metro entre frequentadores/clientes;

- Disponibilização de álcool gel;

- Nos supermercados, o acesso é limitado a uma pessoa por família.

Aqueles que não respeitarem as medidas obrigatórias estão sujeitos a multas e até mesmo autuação policial por crimes de desobediência e contra a saúde pública. 

Aumento de mortes

Nesta quinta-feira, dia 30, a Secretaria de Saúde de Penha confirmou mais 23 novos casos de Covid-19, além de mais 13 pacientes recuperados. Entre os dias 24 e 30/07 o aumento do número de casos confimados é de 13,5%. Os novos casos confirmados nesta quinta-feira (30) são de 11 moradores do Centro, 4 do Gravatá, 3 de Armação, 3 do Mariscal, 1 de Santa Lídia e 1 da Cohab. 

31 07 12h penha forcatarefa covid 2 480f6

A morte da 13ª vítima no município foi registrada na quarta-feira, dia 29. O homem de 85 anos, que residia no bairro Santa Lídia faleceu dentro de casa às 14h e o contágio por coronavírus foi confirmado através de teste-rápido. 

Antes dele, na sexta-feira (24), um morador de 46 anos, do bairro Armação, veio a óbito como consequência da doença. Ele foi atendido no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, mas não resistiu aos sintomas.

Já foram registrados 529 casos de covid-19 na cidade, com 490 pacientes recuperados, e 13 vindo a óbito. Dos 26 pacientes atualmente com a doença, 24 encontram-se fazendo tratamento da doença em casa, mantendo isolamento social, e há registro de 02 internações.

Até o fim da tarde de quinta, 33 casos suspeitos ainda aguardavam o resultado dos exames pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (LACEN).

Leia também: Força-tarefa fiscaliza cumprimento de normas sanitárias durante quarentena

Mortes registradas:

- A primeira vítima foi uma moradora do município, de 69 anos, testou positivo para Covid-19 e faleceu no dia 17 de abril;

- A segunda morte no município foi registrada no dia 14 de maio. A vítima é uma mulher de 70 anos residente da localidade da Cohab;

- A terceira morte foi registrada no dia 3 de junho. A vítima é um homem de 53 anos, morador do centro de Penha;

- Homem de 60 anos foi internado no Hospital Santa Isabel, em Blumenau, vindo a óbito no dia 17 de junho;

- Mulher de 77 anos faleceu no dia 20 de junho;

- Homem de 73 anos, morador do centro, faleceu no dia 24 de junho;

- Mulher de 67 anos que era diabética e hipertensa. Ela estava internada no hospital de Navegantes e faleceu no dia 11 de julho;

- Mulher de 58 anos, moradora do Centro, estava internada do Hospital Marieta Konder Bornhausen desde 14 de junho. Faleceu no dia 13 de julho;

- Homem de 47 anos faleceu no dia 14 de julho. Ele não tinha registro de comorbidades;

- Homem de 57 anos, morador do centro, e estava internado desde 1º de julho no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, vindo a óbito no dia 16 de julho;

- Mulher de 85 anos, moradora da localidade do Mariscal que estava internada no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, desde o dia 16 de julho. Ela faleceu no dia 19 de julho;

- Homem de 46 anos, morador de Armação, faleceu no dia 24 de julho no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí;

- Homem de 85 anos, morador de Santa Lídia, faleceu no dia 29 de julho, no próprio domicílio, e em teste rápido feito no Pronto-Atendimento da cidade foi confirmado positivo para contágio por coronavírus.

EDIÇÃO: LEANDRO CARDOZO DE SOUZA

Publicidade