fbpx
Bairro Itacolomi recebeu mutirão da Saúde no entorno da casa da paciente

PIÇARRAS - A Secretaria de Saúde confirmou na quarta-feira, 3, que registrou o primeiro caso autóctone - Local Provável de Infecção (LPI) – no município neste ano. A paciente é uma moradora de 65 anos do Bairro Itacolomi e que não viajou nos últimos meses nem teve contato com qualquer pessoa de outra cidade.

“Por conta disso, o diagnóstico final foi de que ela contraiu a doença em Balneário Piçarras”, explicou o coordenador do Programa de Combate à Dengue, André Ladewig.

As ações de bloqueio, que consistem na aplicação de larvicida num raio de 300 metros das residências dos casos e busca ativa de focos de larvas do inseto na região, foram realizadas.

Continua depois da Publicidade

“Mas nada de anormal foi encontrado. É o bairro com o menor número de focos do mosquito Aedes Aegypti. Para nós, da Vigilância, esse diagnóstico autóctone foi uma completa surpresa”, reforçou André. No primeiro semestre, Balneário Piçarras registrou 144 focos positivos do mosquito transmissor da zika, chikungunya e dengue. Em 2018, foram 60 focos ao longo de todo o ano.

De acordo com a secretária de Saúde, Bruna Emanuela Machado, a paciente com a doença recebeu o tratamento necessário e não corre qualquer risco adicional. A confirmação do caso autóctone veio após seu diagnóstico na Unidade Básica de Saúde e exames complementares analisados pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC), vinculada à Superintendência de Vigilância em Saúde (SUV) da Secretaria de Estado da Saúde.

2019_07_08_20h20_picarras_dengue_2.jpg
Imagem: Divulgação | Ministério da Saúde

No Estado, a Dive/SC vem registrando um aumento dos casos autóctones. De acordo com o gerente de Zoonoses, João Fuck, esse aumento no número de casos autóctones em SC se deve, principalmente, às condições favoráveis para a proliferação do mosquito: calor e chuva.

“Mais uma vez reforçamos que a população precisa ajudar no controle dos focos do mosquito. Recipientes que podem conter água precisam ser vistoriados e eliminados corretamente. Importante também observar a vedação das caixas da água e manter as calhas limpas”, alerta.

Segundo a Prefeitura de Piçarras, ações informativas e de limpeza já foram realizadas nos bairros Nossa Senhora da Paz, Centro e Santo Antônio. Toneladas de lixo foram retiradas – principalmente pneus.

Leia também:
Ministério Público recomenda ações para reduzir infestação do mosquito da dengue no município
Mutirão contra dengue e febre amarela vai mobilizar agentes de saúde neste sábado
Rede pública de saúde intensifica combate à dengue e vacinação contra a febre amarela
Municípios do Litoral Norte integram Semana Nacional de Combate ao Aedes
  • 1
  • 2
X

Right Click

No right click