Publicidade
Promenac Penha - Mais perto de você
Auditoria para checar a segurança das urnas eletrônicas registra baixa participação

Da Região - O Cartório da 68ª Zona Eleitoral encerrou a totalização dos votos em Barra Velha, São João do Itaperiú, Balneário Piçarras e Penha por volta das 18h30 do domingo (28). Nenhuma seção precisou ter equipamentos trocados e não houve registro de filas, como no primeiro turno. Em Barra Velha, a Polícia registrou uma ocorrência de crime eleitoral.

Maior foco de reclamações no primeiro turno, a mudança do local de votação da Escola Antônio José Tiago para a Escola Rubens João de Souza, em Penha, foi sinalizada com uma placa.

Publicidade

Antes da distribuição das urnas, uma audiência pública foi realizada para o sorteio da votação paralela - realizada para atestar a confiabilidade do sistema:

“São sete audiências públicas por turno. Como a urna é um computador, ela tem que ser preparada para eleição. É preciso inserir os dados dos candidatos e tudo isso é público”, explica a chefe do Cartório Eleitoral, Milene Possamai.

Mas, segundo ela, mesmo com a onda de notícias falsas em torno da segurança do sistema, poucos eleitores e e partidos acompanham a auditoria.

De acordo com o TRE, 1,24% do total de 15.562 urnas em todo o estado precisaram ser substituídas. Foram 338 ocorrências e 194 substituições. Nenhum município precisou realizar votação manual por conta de problemas nas urnas eletrônicas.

“Quero agradecer os servidores que colaboraram nessas eleições, os juízes e promotores eleitorais e quero fazer um agradecimento especial aos mesários e aos presidentes de mesa que estiveram trabalhando lá na ponta, em cada seção eleitoral desse estado. Hoje, 28 de outubro, Dia do Servidor Público, o TRE catarinense, através de suas urnas eletrônicas, entrega e apresenta seus mais dois ilustres servidores escolhidos pela soberania popular, pelo voto do eleitor catarinense, que sufragou a sua vontade através das urnas eletrônicas”, afirmou  o presidente do TRE-SC, desembargador Ricardo Roesler.

Ocorrências

Ao longo do dia, a Polícia Militar registrou 23 ocorrências, sendo 12 com eleitores presos em episódios envolvendo violação do sigilo do voto, divulgação de propaganda, boca de urna ou desacato a autoridade. Os municípios onde ocorreram as prisões, conforme registro da PM, foram Biguaçu (2), Florianópolis (3), Palhoça (3), Araranguá (1), Barra Velha (1), Canoinhas (1) e São Bento do Sul (1).

O Disque Eleitor – serviço telefônico para tirar dúvidas dos eleitores – registrou aproximadamente 2.300 ligações no domingo. Ao longo do dia, 40 servidores se revezaram no atendimento das ligações, desde as 7h. Desde o dia 22 de outubro, foram mais de 3.600 chamadas recebidas. A maior parte das dúvidas foi sobre locais de justificativa, locais de votação e voto em trânsito.

Leia também:
 
 
 
 
Mais sobre: eleições;
COM INFORMAÇÕES DO TRE/SC E CONTRIBUIÇÃO DE JEFERTON SANTOS
Publicidade
  • 1
  • 2
Publicidade
Rádio Pérola FM
X

Right Click

No right click