Publicidade
PMDB: partido da oposição promove reuniões com lideranças

 

Ampliação do número de filiados é prioridade para os partidos locais

Publicidade

 

Penha - Os principais partidos representados no município estão encaminhando as eleições dos novos diretórios que vão conduzir as siglas no pleito do próximo ano. No sábado, 16, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) realizou a convenção que definiu a nova diretoria executiva. Há dois anos na presidência da sigla, o prefeito de Penha, Evandro Eredes dos Navegantes, deu lugar ao vereador Jefferson Custódio. Mesmo assim, o atual prefeito ficou na vice-presidência. Jefferson também é pré-candidato na disputa pela prefeitura em 2016.


Segundo Jefferson, foi a maior convenção e votação do partido. Cerca de 400 pessoas participaram do encontro. Jefferson recebeu 258 votos favoráveis para presidir o PSDB e dois contra. “Nossa prioridade é a reorganização do partido que passou por um período de dois anos com a executiva do prefeito. Queremos fortalecer as bases, descentralizar o partido, montando diretórios nos bairros. O nosso partido é o maior de Penha. Crescemos muito e precisamos dar atenção aos filiados”, comenta Jefferson.

Continua depois da Publicidade


A convenção do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) deve ser feita só em outubro deste ano, conforme orienta o estatuto interno. O ex-candidato do partido a prefeito de Penha, Aquiles da Costa, é considerado pré-candidato pelos filiados. Mas ele é cuidadoso ao falar a respeito: “Existe possibilidade de eu pleitear a reeleição”, diz o atual presidente do diretório. De acordo com ele, o resultado das últimas eleições colocou seu nome como líder do partido de uma maneira natural. “Muito embora existam outras pessoas do partido, a tendência é de que nos mantenhamos unidos”. Aquiles afirma que o diretório tem realizado atividades e reuniões constantes para chegar nas próximas eleições mais fortalecido. “A gente pretende apresentar a nominata de candidatos até outubro. Também iremos lançar a nova sede do partido e os subdiretórios nos bairros, para estar mais próximos de cada comunidade e poder ouvir a população”, adianta.


As lideranças comunitárias estão sendo identificadas pelo PMDB - pessoas que têm expressão popular nos bairros e que estão dispostas ao desafio de representar a população. “A gente vai propor para essas pessoas um curso de capacitação política em parceria com a Fundação Ulysses Guimarães para que os líderes surjam com mais qualidades”, completa.


Presidente da Câmara é pré


O PSD realizou convenção no dia 09 de maio para oficializar a indicação do nome do vereador e presidente da casa legislativa, Felipe Schmidt, à vaga de candidato a prefeito. Segundo o presidente do PSD, Luiz Fernando Vailatti, o nome de Felipe vem aparecendo naturalmente nas conversas de bastidores. “O anúncio do nome dele é para dar mais condições para ele conversar com as pessoas com maior tranquilidade e mais confiança com relação à decisão do partido”, esclarece.


Fernando acredita que qualquer partido que queira se destacar na cidade deve ter seu candidato próprio. “Nós pensamos em compor com os partidos que pensem o mesmo projeto de cidade que a gente, que pense a Penha, não o nome nem a sigla. Por isso, não descartamos a possibilidade de uma chapa pura, se não houver esse entendimento e sintonia entre as ideias”. Para ele, DEM e PSDB possuem boas relações com o partido. “Queremos trabalhar principalmente dentro do grupo que esteve com a gente até hoje, mas sem fechar as portas para ninguém, pois o princípio da política e da democracia é poder dialogar com todos”, conclui o presidente do PSD.

Publicidade
X

Direitos Reservados

No right click