fbpx
Coletores foram inclusos no programa público em fase de implementação

PIÇARRAS - A Prefeitura anunciou nesta que a partir da segunda-feira, dia 1º de julho, será iniciada a próxima etapa do projeto de coleta seletiva de resíduos sólidos recicláveis. Durante todo o mês, agentes Comunitárias de Saúde irão realizar a distribuição da cartilha e de informações orientativas para a população. A previsão é de que o serviço de porta em porta comece a ser prestado a partir de 05 de agosto.

Até lá, a Fundação do Meio Ambiente de Balneário Piçarras (Fundema) e a Secretaria ad e Saúde promovem campanha de conscientização, com início marcado pela distribuição das cartilhas informativas. A coleta semanal será realizada nos bairros e localidades da área rural de acordo com cronograma já estabelecido.

Continua depois da Publicidade

Além das orientações junto à rede de saúde, as escolas do município também receberão a visita da Fundema, com palestras e atividades. O foco é a diferenciação do lixo e a disposição dos mesmo em sacolas caracterizadas de acordo com as normas do programa.

2019_06_27_08h_picarras_reciclagem_panfleto.jpg
Cartilhas com orientações serão entregues na rede de ensino e de saúde (Foto: Divulgação | PMBP)

"Preferencialmente pedimos que utilizem os sacos azuis para descartar os recicláveis, mas qualquer diferença para identificar as sacolas de resíduos irá auxiliar o trabalho dos coletores ", finalizou frisou o presidente da Fundação do Meio Ambiente, Marcos Zaleski.

Para quem já separa seu lixo regularmente, o Ecoponto possibilita o despejo correto dos resíduos e de óleo usado. O equipamento funciona 24h e fica na Praça de Todas as Idades - Avenida Getúlio Vargas, no centro.

Coletores são inclusos na coleta seletiva local

O Governo Municipal decidiu incluir os catadores de material reciclável na estratégia de coleta seletiva que começou a ser implementada neste mês. Eles estão sendo mobilizados pela própria comunidade e pela Assistência Social municipal em torno da formação de uma cooperativa. Uma roda de conversa que contou com a presença de 11 coletores marcou o primeiro passo para organizar a entidade. A próxima reunião está marcada para o dia 09 de julho.

De acordo com a Prefeitura, a iniciativa visa uma aliança entre a classe para manter o material que for recolhido dentro da cidade, promovendo a economia local.

"É uma vontade nossa de que o lixo reciclável produzido em Balneário Piçarras fique aqui na nossa cidade, gerando emprego e renda para a população local”, frisa Zaleski.

Segundo a coordenadora do Programa Acessuas/Trabalho, Gisele Cardoso, o número de presentes deverá ser dobrado graças à resposta positiva da primeira conversa. “Os coletores saíram da reunião bem motivados, acredito que vão repassar a informação aos seus colegas de profissão.

Mais participantes são esperados para a reunião do dia 09/07 (Foto: Divulgação | PMBP)

"Todos que estavam presentes aderiram à ideia, foram bem favoráveis à perspectiva de ser montada uma cooperativa para organizar o trabalho deles”, finaliza.

Representantes da sociedade civil também participaram da primeira reunião. Foram eles que deram início à mobilização em torno da ideia.

“Comecei a entrar em contato com os catadores da rua, instigando-os a se unirem em prol de algo maior, de uma renda maior”, explica o morador Renato Jamirez.

A convocação foi feita a partir da Assistência Social, que realiza o cadastro deles.

“A Secretaria de Assistência Social fez uma busca ativa dos representantes dessa classe, no intuito de fomentar o associativismo e o cooperativismo, possibilitando a criação de uma futura cooperativa na cidade”, comentou a secretária Ana Paula Ribeiro Stiebler.

Leia também:
 
 
 
 
  • 1
  • 2
X

Right Click

No right click