fbpx
Frequentadores da área certificada pela Bandeira Azul são alvo da ação educativa

PIÇARRAS - Trazer animais domésticos para a praia é uma prática que pode trazer riscos para saúde pública e, por isso, proibida no Código Municipal de Proteção Animal (Lei 0315/2013), mas a lei ainda é ignorada por muitos moradores e veranistas. Para orientar os frequentadores sobre esses riscos, o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV/SC) organizou uma ação educativa na área norte da praia. Durante este domingo (10), a partir das 9h, eles irão repassar informações a respeito em uma tenda localizada em frente ao restaurante North Beach, descida da rua São Bento do Sul (1900).

A iniciativa é uma parceria com prefeituras em que há locais certificados pelo programa Bandeira Azul nesta temporada. Durante todo o dia, médicos veterinários vão orientar sobre os cuidados com os animais nesta época do ano. Eles vão distribuir o gibi “Prevenção – A fiel Companheira da Saúde”, uma cartilha em formato de histórias em quadrinhos direcionada ao público infantil. No local também haverá oficina de pintura, recreação, além de ações da Fundação de Meio Ambiente e do Museu Oceanográfico da Univali.

Continua depois da Publicidade

O Presidente do CRMV/SC, Marcos Vinícius de Oliveira Neves explica que a presença de animais na praia pode trazer doenças para os adultos e principalmente para as crianças, que têm mais contato com a areia. Micoses de pele, outros fungos e alguns parasitas podem ser transmitidos. A saúde do animal de estimação também é posta em risco, com a chance de contrair viroses, possivelmente de animais de rua e sem vacinação. Outra questão são as altas temperaturas, que podem provocar queimaduras nas patas, na pele e desequilíbrio no sistema termorregulador dos animais.

“Os cães possuem mecanismos de regulação da temperatura corporal e transpiração diferentes dos seres humanos. Esta questão fisiológica faz com que cães troquem calor com o ambiente de outras formas, o que muitas vezes é dificultado em ambientes como os de praia, acarretando transtornos que podem, em casos mais graves, levar à morte do animal.”

Bandeira Azul

A área norte da praia de Balneário Piçarras é uma das nove regiões balneárias certificadas neste ano pelo programa internacional Bandeira Azul no Brasil. O certificado atesta a qualidade da água para banho e que o município atendeu outras 34 exigências ambientais e estruturais. A parceria com o CRMV é uma das ações para atender a esses critérios, que também incluem ações de caráter educativo.

A certificação é chancela da pelos comitês nacional e internacional no trecho compreendido entre a descida da Avenida Getúlio Vargas e a Rua dos Sonhos (2660). Além das ações de educação ambiental, foram implantados banheiros, vagas de estacionamento exclusiva para idosos e portadores de necessidades especiais, sinalização. A coleta de resíduos também é diferenciada.

O Programa Bandeira Azul tem objetivo de elevar a conscientização para a necessidade de se proteger o ambiente marinho e costeiro. Trata-se de uma iniciativa da FEE (Foundation for Environmental Education) com apoio de diversas instituições internacionais. No total, de um universo de 4.385 praias certificadas no mundo, apenas nove estão no Brasil.

Leia também:
 
 
 
* COM INFORMAÇÕES DO CRMV/SC
  • 1
  • 2
X

Right Click

No right click