Publicidade
Yukaline - Conecta você
Desassoreamento e contenção de encosta são prioridades

PENHA - A Defesa Civil sinalizou positivamente para a liberação, ainda neste ano, de recursos federais destinados às obras consideradas prioritárias no município. A diretora nacional de Prevenção e Minimização de Desastres, Adelaide Maria Pereira Nacif, e o coordenador geral de Prevenção, Carlos Ribeiro Correia Neto, conheceram, dia 27/10, os projetos para desassoreamento do Rio Iriri e contenção de encosta na Praia de São Miguel.

Os representantes do Governo Federal foram recepcionados pelo prefeito Aquiles da Costa (MDB) e vereadores do município. Eles conheceram os locais que estão vulneráveis a alagamentos e deslizamentos de terra.

Publicidade

“Esperamos sensibilizar as autoridades sobre o quanto essas obras são importantes e urgentes para a cidade”, apontou o prefeito.

O projeto de desassoreamento do Rio Iriri, principal canal de captação da água da chuva, prevê não só a dragagem como também a construção de um molhe na Praia Alegre para prevenir um novo assoreamento. Também está projetada a substituição das três pontes localizadas na avenida Nereu Ramos, ruas Nilo Anastácio Vieira e Tiradentes. Além de impedir que o rio seja represado,a Prefeitura anunciou que as estruturas, junto com as demais ações, deem aumentar a navegabilidade do rio.

“Como o rio tem sua capacidade de receber mais água comprometida, isso dificulta o escoamento da tubulação em várias áreas da cidade, o que acarreta os alagamentos”, explica a coordenadora da defesa civil de Penha, Edinea Correa.

Praia de São Miguel

A comitiva visitou também a Praia de São Miguel, onde o município precisa recuperar uma área degradada em pelo menos três pontos da morraria.

“Essa região corre o risco de deslizamento, ameaçando centenas de vidas e as moradias da população local. Precisamos de uma ação urgente e eficiente nesta area”, alertou Aquiles para a diretora do Departamento Nacional de Prevenção e Minimização de Desastres.

Adelaide Maria disse estar sensibilizada e garantiu trabalho para que assegurar a liberação dos recursos ainda este ano. Além dessas obras, o município busca junto ao Ministério da Integração Nacional verbas para implantar galerias na Rua Nereu de Assis, no entorno do parque Beto Carrero, e construir uma nova Ponte no Rio Gravatá.

Leia também:
 
 
 
 

 

Publicidade
  • 1
  • 2
Publicidade
X

Right Click

No right click