Publicidade

Yukaline - Conecta você.
Clube informou que vai ingressar com representação no Ministério Público

Da Região - O treinador do Almirante Barroso e Presidente do Sindicato dos Treinadores de Santa Catarina, Agnaldo Liz, é vítima de um estelionatário baiano que voltou a atuar na região. O homem que se passa por treinador entra em contato com jogadores oferecendo vagas em times da região.

O golpista informa que para entrar no time e disputar um campeonato, o atleta precisa fazer um depósito em dinheiro no valor de R$ 900,00 (despesas para inscrever o atleta na federação, segundo ele). Além desse custo, as passagens de transporte ficam a cargo do atleta, ou seja, mais prejuízo para a vítima do golpe.

Publicidade

O uso indevido do nome do treinador de Itajaí foi descoberto na semana passada. Um dos jogadores do Barroso procurou Agnaldo para saber da chegada de um novo jogador:

“Foi nesta hora que descobri que o meu nome estava sendo usado por este criminoso”.

A presidência de futebol do Barroso e o treinador devem registrar um B.O. e ingressar com uma representação no Ministério Público do Estado.

* COM INFORMAÇÕES DO CNAB
Publicidade
  • 1
X

Right Click

No right click