Publicidade

Beto Carrero
Governo do Estado tem sala de situação para monitorar epidemias

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, do total de casos, 828 (94%) ainda estão em investigação, aguardando resultado laboratorial, 15 (2%) foram confirmados pelo critério laboratorial e 36 (4%) foram descartados.

Mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya foi encontrado no fim da semana passada em uma das “armadilhas” montadas pela Vigilância

A Prefeitura de Piçarras confirmou nesta segunda-feira (1ª) a presença do aedes aegypt na região central da cidade.  O mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya foi encontrado no fim da semana passada em uma das “armadilhas” montadas pela Vigilância em Saúde para controle de proliferação da espécie.

Pontos de monitoramento ajudam a mapear e combater proliferação do mosquito

A Vigilância em Saúde de Balneário Piçarras tem orientado veranistas a cuidarem das residências durante a temporada para evitar a proliferação do mosquito depois que eles saem da cidade. Muitos deixam as suas casas com locais que podem ser focos do mosquito.

Há uma semana moradores do Nossa Senhora da Conceição, em Balneário Piçarras, estão sem médico no posto de saúde do bairro. Com as férias da única médica da unidade de saúde, quem precisa de atendimento tem que ir até o Pronto Atendimento (PA).

Na última sexta-feira (8), Larissa Cristina, 27 anos, precisou levar o filho ao posto de saúde por conta de uma virose. Sem médico, a alternativa foi procurar atendimento em Itajaí.

- Meu filho tem 7 anos e estava vomitando direto. Levei ele no posto e disseram que não tinha médico. Levei até o posto de saúde do Santo Antônio e também não tinha médico. O meu filho só conseguiu atendimento em Itajaí - desabafa a mãe.

A reportagem esteve na tarde dessa quinta-feira (14) no posto de saúde central. A unidade de saúde estava fechada devido a um treinamento interno. No PA, que fica ao lado, a situação era diferente. De tão cheio, pacientes esperavam do lado de fora.

Entre eles estavam o motorista José Melo Feitoza, 60 anos, e a padeira Denise Ferreira de Miranda, 41 anos. Moradores do bairro Nossa Senhora Conceição, o casal precisou levar o filho adolescente até a unidade de saúde por causa de uma alergia.

- Disseram no posto que a médica está de férias. Mas se entrou em férias, deveriam colocar alguém no lugar. A gente tem que sair do Conceição para levar o filho até Centro. Isso poderia ser feito lá - reclama.

A mãe, Denise, também está revoltada com a situação.

- O Conceição está abandonado. A médica que entrou em férias é muito boa e não tenho nenhuma reclamação contra ela ou a equipe. Se ela entrou em férias teria que colocar alguém no lugar - conta.

Além da falta de médico, quem estava no local, reclamou da demora para fazer exames médicos. A esteticista A. F. B., 29 anos, espera há dois meses para fazer dois exames.

- Eu comecei a sentir dores no peito e na cabeça. Resolvi fazer um check-up e o médico pediu vários exames. Desde novembro não consegui marcar com oftalmologista e fazer a endoscopia. A pessoa que me atendeu disse que era melhor eu pagar pelos exames porque vai demorar - relata a moradora.

A secretária de Saúde de Balneário Piçarras, Lucimir Uller Bittencourt, confirmou por meio da assessoria de imprensa da prefeitura, que a médica do posto do bairro Nossa Senhora da Conceição está de férias e só volta no dia 11 de fevereiro. Lucimir garantiu que vai contratar um médico nos próximos dias para substituir a médica no período de férias. A secretária não respondeu sobre a falta de médico na unidade de saúde do bairro Santo Antônio.

Dr. Chierice :  “Tentaram colocar a mão na fosfoetanolamina”

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa promoveu na quinta-feira (10) o “Seminário Catarinense Fosfoetanolamina, uma esperança para a vida”, destinado a debater e esclarecer a eficácia da substância no tratamento do câncer. O evento, realizado no Auditório Antonieta de Barros, contou com a participação do coordenador da pesquisa sobre a substância na Universidade de São Paulo, Gilberto Orivaldo Chierice, e sua equipe, além de representantes de entidades da área da saúde, médicos oncologistas e pacientes que fazem uso da substância.

Serviço de Atendimento do SUS passa a contar com espaço próprio para o programa HIV/Aids

No Dia Mundial de Luta contra a Aids, o Sistema Único de Saúde (SUS) reforçou em todo o país as ações de prevenção à doença. Em Piçarras, atualmente, 106 pessoas fazem o tratamento contra a Aids, 60% são homens e 40% são mulheres. A Prefeitura não forneceu ao jornal informações sobre o panorama da epidemia na cidade em anos anteriores. Mas o aumento no número de casos em todo o país tem preocupado as autoridades de saúde.

SUS estima que 19 milhões de pessoas não sabem que estão infectadas pelo HIV

O número de pessoas em tratamento contra o vírus do HIV em Barra Velha passou de 78 em 2014 para 98 em 2015, conforme informações da Secretaria da Saúde no município. Desses novos casos, seis são de pessoas de municípios vizinhos, mas que recebem o tratamento em Barra Velha.

Reunião em Florianópolis nesta semana apresentou panorama da epidemia de dengue e estratégias de combate ao mosquito

De 1º de janeiro a 1º de dezembro foram confirmados 3.593 casos de dengue no estado. A relação entre casos de zika vírus e de bebês com microcefalia mobiliza autoridades de saúde. Com a chuva constante o alerta é redobrado, e a ação dos agentes da Vigilância Epidemiológica também.

Saúde integral do público masculino é o objetivo que a Secretaria Municipal quer alcançar

Costumeiramente ligada unicamente à prevenção do câncer de próstata, a campanha de 2016 no município ampliou- se para o cuidado integral da saúde do homem.

X

Right Click

No right click