Publicidade

Yukanet
Criança é o foco principal das ações desenvolvidas em Piçarras

 

Avaliação do cumprimento de metas estabelecidas em plano decenal realizou-se na Univali em Itajaí com os representantes da região

 

O Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente de Balneário Piçarras (Comdicapi) participou na quarta-feira, com a presença de 29 delegados, da Conferência Regional dos Direitos da Criança e do Adolescente. O evento realizou-se na Univali, Campus Itajaí, na quarta-feira (4). O objetivo foi debater e propor mudanças no Plano Decenal dos Direitos Humanos das Crianças e Adolescentes, nas três esferas do governo. No dia 16/11, o Comdicapi revisa o Plano Municipal. O encontro será realizado na Escola Estadual Alexandre Guilherme Figueredo, a partir das 8h.


Na conferência regional foram discutidos assuntos em cinco eixos: Controle Social da Efetivação dos Direitos, Gestão da Política Nacional dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, Proteção e Defesa dos Direitos, Protagonismo e Participação de Crianças e Adolescentes. As propostas serão debatidas na conferência estadual.


Segundo a secretária-executiva do Comdicapi, Daisy Ferreira, a prioridade do município para os próximos dez anos será voltada para os adolescentes.
- A conclusão foi que falta uma atenção para o público adolescente. É preciso ter cursos profissionalizantes para os jovens. Ano que vem, o município vai implantar o programa jovem aprendiz, que vai oferecer cursos gratuitos para os adolescentes - explica ao fazer referência ao programa federal.


Daisy garante que nos últimos anos houve avanços.


- Principalmente na área da infância. Foi implantado o Projeto Caminhar Juntos e outros projetos relacionados à saúde e educação. Nas escolas, tivemos o Programa Amigos do Zippy, que oferece atendimento psicológico e emocional para as crianças do município - diz.


Ela ressalta a importância dos jovens nas mudanças do Plano Decenal dos Direitos Humanos das Crianças e Adolescentes.


- As mudanças serão feitas com a participação dos jovens. São eles que têm que propor as sugestões. Na conferência municipal, na regional e na estadual, a participação deles será muito importante - frisa a secretária-executiva do Comdicapi.


A conferência regional teve a participação de Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Luís Alves, Navegantes, Penha e Porto Belo. Balneário Camboriú só mandou propostas. Durante a reunião foram escolhidos dois delegados, um de Itajaí e outro de Camboriú, que irão representar a Foz do Vale na conferência estadual.

 

SC vai debater investigações de feminicídio

 

Santa Catarina recebeu a primeira reunião para discutir as diretrizes nacionais de como investigar, processar e julgar mortes violentas de mulheres por razão de gênero, o feminicídio. O encontro, realizado na quarta-feira, 4, no Centro Administrativo do Governo do Estado, em Florianópolis, foi comandado pela Coordenadoria Estadual da Mulher, ONU Mulheres Brasil e Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) do Governo Federal.


O trabalho para a implementação das diretrizes nacionais será desenvolvido em cinco Estados (Santa Catarina, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Piauí e Rio de Janeiro), além do Distrito Federal. Nos próximos meses, serão realizados encontros no Estado para debater o processo de averiguação do crime de feminicídio por parte de instituições como Polícia Civil, Polícia Militar, Instituto Geral de Perícias, Poder Judiciário e Ministério Público.

Publicidade
  • 1
X

Right Click

No right click