Publicidade

Beto Carrero
Índice de renovação do parlamento municipal passou dos 85%

O eleitor de Barra Velha sinalizou desejo de renovação no Poder Legislativo local. Dos nove vereadores eleitos em 2012, apenas Marciel Berlin (PSB) se reelegeu dia 02 de outubro para mais quatro anos de mandato. As demais oito cadeiras serão ocupadas por novos nomes a partir do dia 1º de janeiro de 2017 até 31 de dezembro de 2020. O índice de renovação na Câmara de Barra Velha chega a 88,89% e é maior do que em Piçarras e Penha. Apesar disso, nenhum dos escolhidos é mulher.

 

Publicidade

Entre aqueles que não votaram estão os eleitores que perderam a hora. Em Penha, na Escola Manoel Henrique de Assis, uma eleitora chegou às 17h02 e encontrou os portões da escola fechados.

No domingo (2), 10.586 eleitores deixaram de comparecer aos locais de votação em Balneário Piçarras, Barra Velha e Penha. O número representa 18,21% dos 58.028 eleitores nas três cidades e foi maior que o registrado nas eleições municipais de 2012 (15,61%). O cálculo da Justiça Eleitoral para definir os candidatos eleitos só leva em conta os votos válidos. Mas, se somadas as abstenções ao número de votos brancos e nulos, o índice chega a 24,22%.

Equidade de gênero: plenário terá mais mulheres entre os parlamentares a partir de 2017

A partir de 1º de janeiro de 2017, a Câmara de Vereadores de Balneário Piçarras terá novas caras. Das 11 vagas disponíveis, só duas serão ocupadas por parlamentares reeleitos e nove por novos nomes. A mudança registrada no domingo (2) representa 73% do quadro da legislatura municipal.

Valter Zimmermann, do DEM, se elegeu com o atual vice-prefeito Fabio Brugnago, do PP

O prefeito eleito precisará dialogar com uma Câmara de Vereadores que tem maioria eleita por partidos adversários ao seu durante a campanha. O prefeito eleito Valter Zimmermann declarou que a campanha foi bem organizada. O candidato João Régis afirmou ter investido em uma campanha transparente e considera que o "poder econômico" prevaleceu.

Vereador foi levado algemado para a delegacia de Balneário Piçarras

Ele estava r em frente ao posto de saúde do bairro Gravatá oferecendo santinhos seus com notas de dinheiro enroladas por dentro. O Expresso das Praias apurou que o valor das cédulas usadas para comprar votos variava entre R$ 10 e R$ 100. Pressi foi levado algemado para a delegacia de Balneário Piçarras, onde permanecia preso até às 19h30 de domingo. 

Dupla do PSDB e PSD recebeu 3.472 votos

Eles receberam 6.363, contra 3.472 votos de Umberto Teixeira (PP), que obteve 28,09% dos votos válidos. Tampa Abençoado (PMDB) terminou a campanha em terceiro lugar com 1.549 votos, 12,53% dos votos válidos. O candidato Fabiano de Cristo (DEM) ficou na quarta colocação com 978 votos, 7,91% dos votos válidos.

Candidato do PMDB recebeu 9,9 mil votos

Ele e o vice, Lindomar Schulle (PSC) receberam 9.925 votos. Júlio Lanches (DEM) e Adriano Tibeco (PSDB) foram os segundos mais votados: eles receberam 3.460 votos (21,44%) dos votos válidos. Já Felipe Schmidt (PSD) e Jefferson custódio foram os terceiros mais votados. Eles receberam 2.750 votos, o equivalente a 17.04% dos votos válidos. Brancos e nulos totalizaram 1.004 votos, equivalente a 5.86 %.

Durante todo o processo, apenas uma urna precisou ser substituída, em Itajuba

A Justiça Eleitoral já havia acionado a Polícia Militar (PM) na noite de ontem (1º de outubro) para fazer rondas nas zonas da periferia da cidade, pois havia suspeita de corrupção eleitoral por compra de voto na região da Rua Leopoldo Gunz, conhecida como “Rua do Pau Pega”. A operação também foi realizada em ruas do bairro São Cristóvão, na localidade do Morro do Colchão.

X

Right Click

No right click