Publicidade

Yukaline - Conecta você.
Relação de mesários convocados já está disponível

Da Região - A Justiça Eleitoral publicou nesta semana a relação de eleitores convocados a trabalhar no primeiro turno das próximas eleições, dia 07 de outubro. Nos municípios de Penha, Balneário Piçarras e Barra Velha, 879 eleitores já estão convocados para o serviço voluntário nas funções de mesário, secretário, presidente de mesa, delegados de prédio e assistentes. Dos 5 milhões de eleitores em Santa Catarina aptos a escolher presidente, governador, deputados e senador, 54.310 mil estão nestas três cidades.

A lista com os nomes já convocados pode ser acessada no site do TRE-SC, onde é atualizada diariamente. As convocações de mesários são feitas até o dia da eleição, via carta ou em formato eletrônico, caso o mesário tenha realizado a inscrição voluntariamente pelo Portal do Eleitor. A Justiça Eleitoral disponibilizou o telefone 0800 647 3888 para esclarecimento de dúvidas a respeito.

Publicidade

Em Barra Velha, onde TRE/SC contabiliza 23.015 eleitores, estão convocados 300 voluntários para atuar em 75 seções distribuídas por 12 locais de votação.  No município de Penha, serão 296 mesários e dez delegados para 74 seções, em 11 locais, onde estão aptos a votar 17.563 eleitores. Já em Balneário Piçarras são 13.732 eleitores para 58 seções em dez locais, onde vão atuar 262 convocados.

Todo cidadão que prestar serviço à Justiça Eleitoral como mesário será dispensado do serviço (público ou privado), mediante declaração expedida pelo juiz eleitoral, pelo dobro dos dias que tiver ficado à disposição da Justiça Eleitoral, sem prejuízo do salário, vencimento, ou qualquer vantagem  - informa nota do TRE.

Cada seção é formada por um presidente, um secretário e dois mesários. Cabe a eles fiscalizar e orientar a votação. Já os diretores de prédio são os responsáveis pelos locais de votação onde estão distribuídas as seções.

O eleitor que não atender à convocação o trabalho voluntário sem justa causa apresentada em até 30 dias, ou o mesário que abandonar os trabalhos no decurso da votação sem justa causa apresentada até 3 dias, deve pagar multa. O valor varia entre R$ 17,57 a R$ 35,14, de acordo com a cotação da UFIR. Nos casos em que a mesa receptora deixou de funcionar em virtude da ausência do mesário a multa pode ser gerada no valor de R$ 35,14 a R$ 70,28.

 
Leia também:

Mais sobre: eleição;
Publicidade
  • 1
X

Right Click

No right click