Publicidade

Promenac Penha - Mais perto de você

Prazo para regularização junto à Justiça Eleitoral termina em 9 de maio; quem não votar fica sujeito ao pagamento de multa

Da Região - Quem pretende votar nas eleições de outubro e ainda não se regularizou junto à Justiça Eleitoral precisa correr contra o tempo, pois o prazo se encerra dia 09 de maio. Mais de nove mil eleitores de Balneário Piçarras e Penha tiveram os títulos cancelados por não comparecerem ao cartório eleitoral durante a revisão de 2017 e agora precisam refazer o documento.

Publicidade

Além dessa parcela da população, aqueles que farão o título eleitoral pela primeira vez, ou que precisam atualizar informações como local de votação e sobrenomes, também deve procurar o cartório eleitoral. É preciso agendar horário de atendimento pela internet, e levar um documento com foto e comprovante de residêcia.

Entre os municípios selecionados para a revisão eleitoral e cadastramento biométrico em 2017, Balneário Piçarras e Penha figuram entre os que atingiram o menor índice de adesão e um dos maiores percentuais de cancelamentos. Por isso, em Piçarras o número de eleitores era de 15.779 e caiu para 12.719, enquanto em Penha era de 22.774 e agora é de 16.317.

- Com certeza o cenário atual da política reflete nesses números. A população se mostra desinteressada. Além disso, nesse ano teremos as eleições estaduais e nacionais, que despertam menos interesse da comunidade local - afirma o analista do cartório eleitoral de Piçarras/Penha, Rodrigo Sabadin.

Ele lembra, no entanto, que se o prazo não for cumprido, o morador não poderá votar e ainda terá complicações burocráticas, já que o título eleitoral é um documento oficial.

Para Sabadin, a abstenção como atitute de protesto é contraditória porque o cidadão maior de 18 anos que deixa de votar precisa pagar uma multa que é revertido diretamente ao fundo partidário.

- Então ele não vota porque acha que assim vai estar lutando contra esse sistema corrupto, mas não sabe que com isso está ajudando a financiar as campanhas.

Barra Velha

Os municípios de Barra Velha e São João do Itaperiú, que agora integram a 68ª Zona Eleitoral, de Piçarras, não precisaram passar pela revisão obrigatória em 2017, mas também terão 09 de maio como prazo para emissão do primeiro título ou atualização de informações.

Dos 22.388 eleitores de Barra Velha, 32,25% já se adiantaram e fizeram a biometria. Em São João do Itaperiú, o índice é de 26,76% dos 3.516 eleitores.

Leia também:
 
 
 
 
 
Publicidade
  • 1
X

Right Click

No right click