Publicidade

Yukaline - Conecta você.

O outro candidato, o professor  Valdir Cechinel, não  compareceu ao debate

 Itajaí - “Manter a Univali como Instituição que compreende a Educação como um direito fundamental, que precisa ser garantido para todos”. É assim que a professora Cássia Ferri resume o que a motiva a concorrer à Reitoria da Universidade do Vale do Itajaí na eleição marcada para a próxima quarta-feira (21). A atual Vice-Reitora de Graduação da Univali apresentou suas propostas para a gestão 2018-2022 em evento promovido pelo Sindicato dos Professores de Itajaí e Região – Sinpro na noite desta sexta-feira (16). O Sinpro havia anunciado um debate entre os dois candidatos à Reitoria, mas o outro concorrente, o professor Valdir Cechinel, não compareceu. De acordo com a mediadora do debate e integrante do Sinpro, Adércia Bezerra, ele se justificou, em e-mail, informando ter compromisso em Florianópolis, onde receberia homenagem da Sociedade dos Amigos da Marinha.

Publicidade

Diante de um auditório lotado por professores, acadêmicos e funcionários, a professora Cássia respondeu às perguntas dos organizadores e da plateia sobre cinco grandes temas: Políticas Institucionais, Relações de Trabalho, Ensino, Pesquisa/Extensão e Cultura. Temas e perguntas foram sorteados na hora. Entre as questões levantadas, assuntos como novos modelos de ensino, uso de tecnologias na educação, política de formação de professores, avaliação externa do MEC, plano de carreira, extensão nos currículos de graduação e produção científica na Univali.

Usando como referência o Plano Nacional de Educação, Cássia Ferri defendeu uma “cultura do pensamento”, uma escola que ensine a fazer as perguntas, a aprender a aprender, de maneira continuada. Também salientou a necessidade de a Univali aproximar-se mais das culturais locais, promovendo uma interação maior com as comunidades do entorno e abrindo mais espaços para movimentos e manifestações culturais e artísticas dentro e fora de seus campi.

- Precisamos trabalhar mais este aspecto dentro da formação de nossos acadêmicos – reiterou.

A professora Cássia mostrou-se favorável à inclusão da extensão como parte dos currículos dos cursos de graduação:

– A Extensão merece um espaço mais nobre – disse ela; quanto à pesquisa na Univali, defendeu uma distribuição mais igualitária da produção, de modo que um número maior de professores e de áreas seja incluído, o que deve se refletir num aumento da produção científica docente.

Enfatizando o diálogo, a simplicidade, a objetividade e a confiança como base de sua gestão, convidou a comunidade acadêmica a participar das discussões e a tomar parte ativa nos processos de aperfeiçoamento que a Universidade exige:

-Temos sido muito bem avaliados pelo MEC, principalmente em termos de organização didática e corpo docente, mas devemos continuar evoluindo. E para isso precisamos da participação de todos.

Publicidade
  • 1
X

Right Click

No right click