Painel

Ponte da Parada será ampliada com recursos de empréstimo

 

Nova estrutura deverá ter formato em arco

 

Publicidade

Pela segunda vez, a Prefeitura de Balneário Piçarras teve de encerrar na quinta-feira (5), por falta de interessados, o processo de licitação da obra de reforma da Ponte da Parada, que liga o município a Penha. O governo municipal já tinha aberto um processo com a mesma finalidade no dia 28 de setembro, mas também naquela ocasião nenhuma empresa demonstrou interesse.


De acordo com o Setor de Compras da Prefeitura, uma nova licitação deverá ser providenciada em dezembro.


O projeto


Elaborado pela empresa paulista Steel Engenharia por R$ 80 mil, o projeto de reforma e ampliação prevê uma ponte com estrutura em arco e com seis metros de altura a partir do nível do rio. A atual, que é plana, restringe a passagem de embarcação mais altas. 


A atual ponte é feita de concreto e tem cerca de três metros de altura. A reforma prevê a construção de duas passarelas para pedestres, uma em cada lado da ponte. A estrutura terá 30 metros de largura e proteção lateral com muretas.


O custo


O custo estimado da obra é de R$ 1.187.717,68. O recurso é proveniente de empréstimo da Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc), tem juro zero e um ano de carência para ser pago. A previsão é de que as obras começassem em até seis meses após a assinatura do contrato.


A prefeitura garantiu que faz a divulgação da licitação em todo o estado e informou que ia pesquisar o mercado para saber o motivo da falta de concorrentes.

  • 1
X

Right Click

No right click