Publicidade
topo outroolhar

Promessa é dívida.

Por isso, senhor candidato, não esqueça o ditado

Que promessa é dívida, para ninguém sair logrado

Não basta um santinho bonito de cabelo penteado

E o discurso de campanha com um verso decorado

Quem te viu e quem te vê, parece até um deputado

Agora fala bonito depois de quatro anos calado

Pra garantir uns votinhos promete quase de tudo

Garante que o flamengo vai jogar no quincaludo

Promessa é dívida, sujeito! E não é conta vencida

Não queira quitar o saldo com velas pra aparecida

Nem tente comprar meu voto que isso é coisa feia

Já pensou contar os votos com os presos na cadeia

Promete de ser bonzinho para o pobre necessitado

E depois lá da tribuna solicita que ele seja retirado

Que seja eleito o candidato que honre o seu salário

E não pense que o povo está pagando uma de otário

Chega de fazer promessa pelas ruas numa agonia

Prometem até produzir a vacina para a pandemia

Promete ser bonzinho, pega no colo a criancinha

Depois que o jogo esquenta pede pra sair da linha

De coração eu desejo a cada um de vocês a vitória

Amem a nossa cidade e façam parte de sua história

E você, eleitor, depois não poderá ser inocentado

Por isso pense direito e por favor não vote errado.

 
X

Direitos Reservados

No right click