fbpx
PREAMAR

Estamos juntos na Preamar desde 23 de março de 2013. Foram seis anos em que procuramos registrar um pouco da história das pessoas com quem convivemos e que ajudaram a compor a trajetória desta parte do litoral catarinense na qual se situam os municípios de Penha, Balneário Piçarras e Barra Velha. Nesse tempo, tivemos a satisfação de conversar pessoalmente com os nossos protagonistas, ou com os seus descendentes, que nos receberam em suas casas e compartilharam memórias preciosas para as vidas de todos nós.

Lembranças de infâncias vividas às vezes longe dos bancos escolares;  noutras vezes, em escolas improvisadas; episódios que retratam desde a precariedade de cotidianos remotos, e nem sempre românticos como querem os nostálgicos, até vivências de famílias abastadas que lideraram as nossas povoações.  

Recordações de todos os matizes: céus dourados pelo primeiro sol saudando pescadores em seus barcos à vela, noites prateadas de seresta em que se misturavam nativos e veranistas; carnavais multicoloridos nos salões iluminados da SAP; ruas povoadas de azuis e brancos em antigos Sete de Setembro; matas salpicadas de tucum e araçá.

De muitas cores se compôs a Preamar. E de sons e ritmos; de saberes, sabores e falares. Fez-se de gente, da nossa gente e da gente de fora que aqui chegou para tornar-se também nossa.  Dos que nomeiam as ruas e daqueles retirados do anonimato quando suas histórias foram impressas nestas páginas. Fez-se da memória afetiva, aquela que seleciona os acontecimentos, por vezes até os mistura e confunde, não importa. Importante é o sentido que fazem para quem os recorda e o que passam a significar para quem deles toma conhecimento.

Brincadeiras antigas, lendas, mitos, fazeres, situações inusitadas que envolveram os mais variados perfis foram assim sendo contadas. Narramos ações, decisões, trajetórias, sucessos e insucessos, jornadas e experiências; sobretudo, contamos histórias de vidas que de outra forma restariam desconhecidas, talvez algum dia até esquecidas da coletividade, restritas unicamente a familiares e amigos mais chegados.

Agora, a Preamar sai de cena para dar lugar a outras manifestações. Contudo, pode voltar eventualmente a pedido de quem quiser reverenciar um antepassado, deixar registrada uma vivência, enfim, desejar manter vínculo com o que nos enlaça e nos aproxima: nossa caminhada em comum.

Agradeço aos leitores que acompanharam a coluna, interagindo e colaborando com este trabalho. Manifesto a mais profunda gratidão aos que aceitaram receber e conversar com esta escrevinhadora, que encontrou sempre portas abertas, acolhimento e hospitalidade. Agradeço ao Jornal Expresso das Praias, pelo espaço aberto de maneira generosa e pela edição dos textos originais, feita com profissionalismo e esmero. Muitíssimo obrigada.

Até qualquer dia!

Relembre nossas histórias: https://www.expressodaspraias.com.br/blogs/preamar 

 

Jane Cardozo da Silveira
Author: Jane Cardozo da SilveiraWebsite: http://lattes.cnpq.br/6693654081890010Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Jornalista com especialização em Jornalismo e mestrado em Turismo, professora no Curso de Jornalismo da Univali. Autora de "Em busca da identidade perdida - subsídios para uma política integrada de comunicação em turismo cultural nos municípios de Penha e Piçarras"
Leia Mais

  • 1
  • 2
X

Right Click

No right click