fbpx
topo_daredacao.png

Com o verão batendo à porta, estado, municípios, moradores e empresas correm contra o tempo para solucionar ou, ao menos, amenizar problemas recorrentes de cidades que cresceram sem planejamento urbano adequado.

O mais urgente em Piçarras e Penha diz respeito ao abastecimento de água, mas esse não é o único desafio que as cidades tentam superar há pelo menos uma década. A falta de tratamento de esgoto, e de um sistema de mobilidade adequado à nova realidade local também impõem obstáculos a esse crescimento e são questões que aguardam por respostas desde que o turismo se tornou uma das molas propulsoras da economia no litoral.

Além de comprometer a saúde pública e o meio ambiente, a questão do saneamento básico também é fundamental para o turismo. Cidades que se propõem a hastear a “Bandeira Azul” não podem ignorar ou - pior- esconder os resultados dessa falta de investimento como se fez em Piçarras na temporada passada.
Em setembro deste ano, alguns dos principais pontos de visitação das praias já estavam impróprios para banho. E isso em uma época de estiagem sem precedentes no estado.

Enquanto procuram recursos para pontes e trapiches, os prefeitos locais não podem se esquecer do que é urgente. Não que esses equipamentos turísticos não sejam importantes, mas de nada servirão para impulsionar a economia local se não vierem acompanhados de mais ações para fazer funcionar o que é básico - e quase sempre - deixa moradores e visitantes na mão.

Gargalos no trânsito, desabastecimento de água, contaminação por esgoto não poderão ser solucionados em curto ou médio prazo se a capacidade de investimento dos municípios não acompanhar o ritmo em que as cidades se expandem.

É por isso que a revisão dos Planos Diretores precisa ser acompanhada com mais atenção. Porque se estimularem uma expansão que não seja acompanhada por aumento da infraestrutura e dos serviços básicos, os problemas comuns no verão acabarão se tornando permanentes.


 

Author: Expresso das PraiasEmail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Leia Mais

  • 1
  • 2
X

Right Click

No right click