Publicidade
topo arte expressa 547d3
ARTE EM CASA
Artistas partilham conhecimento sobre pigmentos extraídos da terra e sua aplicação na arte dos murais

A partir desta segunda-feira, dia 12, até o sábado (17), uma série de transmissões ao vivo pela internet (lives) vai reunir um grupo de artistas que têm como proposta o uso de tintas e corantes naturais para produzir arte e difundir técnicas artísticas sustentáveis.

A "Semana das Tintas de Terra - Muralismo" é promovida pela organização Terra Coletiva no Quilombo do Mandira, em Cananéia (SP). Graças à tecnologia, artistas e público vão interagir de diversos locais do país por meio da internet.

mandiracartaz 479ea
Cartaz oficial do evento (Divulgação)

O evento contará com oficinas, que serão transmitidas via Youtube, ministradas por membros da Terra Coletiva. Entre os artistas oficineiros, teremos a presença de Marcela da Terra, moradora aqui do município de Penha e diretora de produção do projeto.

A inscrição gratuita pode ser feita aqui.

Outro integrante do projeto, também residente de Penha, é o Mestre em Antropologia Social, Lauri Eduardo dos Santos, que é responsável pela coordenação pedagógica do evento. 

Elton Hipolito, de São Paulo e Claudio Freire Galdino, Goiás, são dois nomes importantes das artes visuais quando se trata da utilização de tintas naturais no Brasil. Junto com Marcela da Terra, eles completam o time de oficineiros do evento.

Dê uma espiada nesta chamada feita por ela, direto aqui de Penha para o insta da @terracoletiva 

Quem produz a participação da artista penhense nas transmissões é a Setebarba Filmes, sediada em Balneário Piçarras, que atua em conjunto com profissionais de SP, GO e com a produtora do Paraná, Serafilmes, responsável pelo audiovisual do evento.

Está prevista ainda a produção de um documentário sobre essa vivência, que deve ter como foco a comunidade do Quilombo do Mandira, em Cananeia, litoral sul paulista.

mandira02 63571
Elton Hipolito e Claudio Freire Galdino (Divulgação)

Para participar do evento é preciso se cadastrar e você pode acessar o formulário clicando aqui. Os cadastrados recebem o Guia do Muralista.

Confira a programação do evento:

12/04 (seg) >> Apresentação + Exposição Território + Início das atividades de Oficinas integradas.
Módulo 1: Coleta de solos e técnicas de processamento para produção de pigmentos minerais.

13/04 (ter) >> Oficinas integradas.
Módulo 2: Cores da terra - a formação dos pigmentos minerais; Módulo 3: Tintas da Terra - contextualização e prática de produção de tintas de terra; Módulo 4: Muralismo - aspectos conceituais e práticos.

14/04 (qua) >> Oficinas integradas.
Módulo 5: Técnicas de desenho e composição de cenários

15/04 (qui) >> Muralismo na prática - faça em sua casa

16/04 (sex) >> Muralismo na prática - faça em sua casa

17/04 (sáb) >> Terço Cantado do Quilombo do Mandira

 A proposta que fomentou essa vivência e possibilidade de imersão cultural e compartilhamento de conhecimento, foi contemplada através do edital ProAC Expresso LAB nº40/2020 e da Lei Aldir Blanc e está movimentando uma grande cadeia de artistas, gerando renda, cultura e educação. 

Quilombo do Mandira 

Todo o evento a que teremos acesso remoto, será realizado com foco no Quilombo do Mandira, reconhecido como comunidade tradicional quilombola e também como Reserva Extrativista do Mandira.

Estabelecida há mais de 150 anos na maior faixa de Mata Atlântica preservada do país, o Mandira hoje abriga cerca de 25 famílias, fruto de nove gerações.

O quilombo faz parte da grande região do Vale do Ribeira e é sinônimo de resistência, de luta pelo direito à terra e pelo modo de viver quilombola e caiçara.

X

Direitos Reservados

No right click