Publicidade
topo arte expressa 547d3
MEMÓRIA VIVA
Obras, ferramentas e objetos pessoais do artista estão no Centro Cultural que leva o nome dele

Todos queriam que fosse só mais uma mentira de 1º de Abril, mas não era. Há 30 anos perdíamos um dos grandes nomes das artes plásticas em Santa Catarina.

Luiz Telles, natural de Balneário Piçarras, se vivo teria completado 75 anos dia 31/01/2021.

telles1 bf6dd
Retrato de Luiz Telles - 1978 (Livro Luiz Telles: uma viagem pela imaginação)

Hoje, um acervo com obras, ferramentas e objetos pessoais dele está sob os cuidados da Fundação Cultural de Balneário Piçarras, no Centro Cultural que leva o nome do artista.

37 b907f
"Cenário para uma Espera" -  Óleo sobre chapa isolante (Reprodução do livro "Luiz Telles: uma viagem pela imaginação")

Esta tela considero icônica do conjunto da obra. "Cenário para uma Espera" mostra uma sala de frente para o mar, onde uma cadeira está deslocada em frente a uma mesa em que um telefone repousa enquanto o mar invade o local e se aproxima do primeiro degrau de uma escada. 

Percebo aí uma referência direta ao avanço do mar sobre a praia, que já começava em meados dos anos 1980. Uma das causas apontadas é o aterro das lagoas e do mague que se localizavam no sul da Praia de Piçarras porque tinham grande influência para a dinâmica da maré - e também para o artista Luiz Telles, que cresceu apreciando essa paisagem.

A partir do aterro da lagoa e do mangue, o mar passou a avançar sobre a orla. Nos anos 90, após o falecimento de Telles, o mar começou a invadir as casas que foram construídas sobre a praia. Começava aí a espera prevista pelo pintor em 1985.

Telles não chegou a presenciar as operações milionárias de engenharia, que se fazem de tempos em tempos desde 1999 para que a sua tela - Cenário Para uma Espera - não se torne o escancaro da realidade.

29 fda31
Óleo sobre tela - 1978 - Luiz Telles (Acervo de Luiz Telles - Fundação Cultural de Balneário Piçarras)

Essa mistura entre o real e o imaginário é influência marcante do movimento surrealista nas obras.

O artista também possui trabalhos com cerâmica, gravura e tapeçaria, como lembra Iliane Regina Fleith, no livro "Luiz Telles: uma viagem pela imaginação", de 2013 e que pode ser encontrado na Biblioteca Pública Municipal José Ferreira da Silva.

Leia Também: Podcast reverencia personalidades e cultura da região

X

Direitos Reservados

No right click