Publicidade

Beto Carrero

Artista que retornou neste ano ao elenco da Rede Globo deve alugar uma casa no município

Barra Velha - A presença do eterno Trapalhão Dedé Santana durante a Festa Nacional do Pirão chamou a atenção de muitas famílias que paravam o comediante para registrar o momento. Na abertura oficial da festa o artista afirmou que estaria se mudando para a cidade a partir daquele dia e arrancou aplausos do público. O que poucos sabiam é que Dedé receberá a quantia de R$84 mil da Prefeitura para comparecer aos eventos e servir como "garoto propaganda" da cidade. De acordo com o governo municipal a intenção é levar a imagem de Barra Velha para todos os lugares por meio do artista que voltou a integrar o elenco da Rede Globo.

Segundo o Presidente da Fundação de Turismo, Esporte e Cultura, Daniel Pontes da Cunha, o contrato com duração de aproximadamente oito meses pagará o valor total dividido em parcelas mensais. O documento prevê a presença do artista em todos os eventos que forem agendados com antecedência pelo contratante. Além disso, ele deverá divulgar a cidade através das suas redes sociais e falar sobre o município em outros eventos. A partir da assinatura do contrato o artista estaria também alugando uma residência no município. Atualmente ele reside em um apartamento no Rio de Janeiro e também tem uma casa na cidade de Itajaí.

Publicidade

-É um artista reconhecido por todas as pessoas. O prefeito tinha um contato direto com a produção e iniciou as conversas. O valor do contrato é relativamente baixo levando em consideração que após a assinatura foi confirmada a sua volta para a programação da Globo.

As conversas teriam se iniciado durante o mês de julho, quando Dedé foi contratado para fazer pequenas aparições em três eventos em um único dia na cidade. Essas participações custaram aproximadamente R$4 mil. 

A contratação gerou polêmica no legislativo. O vereador governista Maurício Simas (PSD) contestou a ausência do artista durante o decorrer da Festa Nacional do Pirão. Dedé Santana marcou presença apenas nos dias 06 e 07 de setembro. Já para o vereador Juliano Bernardes (PMDB), a contratação teria sido um deboche com a população: “Existem formas mais baratas para realizar ações visando a divulgação do município, sobretudo em tempos de crise. A contratação foi uma verdadeira trapalhada”. 

Leia também: Agenda de shows atrai mais de 130 mil pessoas para a Festa Nacional do Pirão

 

Publicidade
  • 1
X

Right Click

No right click