Publicidade

Yukanet

Segundo a Vigilância Epidemiológica, objetivo geral já foi atingido Piçarras e Barra Velha

Da Região - Na primeira etapa da campanha de vacinação contra o vírus influenza, Balneário Piçarras vacinou um total de 4.610 pessoas, equivalente a 102,7% do público geral. No entanto, os grupos de profissionais da saúde e crianças de seis meses a cinco anos registraram 75% e 76% respectivamente, não atingindo a meta de 90%. 

Panorama semelhante também é registrado no município de Penha: Campanha de vacinação está longe da meta entre crianças de seis meses a cinco anos

Publicidade

Com a prorrogação decretada pelo Ministério da Saúde, a cidade terá até o dia 09 de junho para bater o índice. Segundo a responsável pela vigilância epidemiológica de Piçarras, Alessandra Reckziegel, o número populacional fixado como meta era estimado, por isso houve uma diferença para mais ou para menos na hora de aplicar as doses.  

Ela afirma que muitos dos profissionais da saúde que não tomaram a vacina são funcionários públicos e acredita que o deixaram de receber a dose por "relaxamento ou medo". Já no caso das crianças, a equipe trabalha com busca ativa, pois há como saber quem não recebeu a dose. A enfermeira alerta que não será possível expandir a aplicação para munícipes que não fazem parte do grupo de cobertura.  

- É uma vacina segura, mas não podemos descumprir as normas do Ministério. Se houver alguma reação em paciente fora do grupo específico, a responsabilidade é de quem aplicou a dose, - informou.  

Em Barra Velha a situação é parecida. O município aplicou um total de 5.133 doses da vacina, equivalente a 95%. No entanto, ainda apresenta índices abaixo da meta quando analisado os grupos das crianças. A vigilância epidemiológica não soube precisar qual a porcentagem faltante para bater a meta nos grupos isolados.

Publicidade
  • 1
X

Right Click

No right click