Publicidade

Beto Carrero

Diante de um debate que só aparenta ser público, sempre vamos questionar: quais são os interesses atendidos pelo novo Plano Diretor?

Como será a sua cidade em 2027 ou 2028? Esta é a pergunta a que todos os moradores deveriam ser convidados a responder nas cidades da região. Assim determina o Estatuto das Cidades, Lei Federal que impõem aos municípios diretrizes para construir seu planejamento com a máxima participação popular.

As diferentes opiniões em torno de questões como verticalização, mobilidade urbana, preservação de recursos naturais, precisam estar representadas nesse debate. Por isso soa no mínimo estranho quando soluções prontas, apresentadas com pouca transparência e sem espaço para o contraditório, surgem como unanimidades. Para que sejam entendidas e, talvez, aceitas, o processo de debate pelo qual se chegou a elas deve ser tornado público. Unanimidades, além de burras, são sempre suspeitas.

O que se espera, portanto, é o mínimo de transparência dos municípios na revisão do Plano Diretor. E não é essa a principal característica do Conselho da Cidade de Piçarras, que adota a mesma linha de atuação da Secretaria de Planejamento, à qual parece estar subordinado.

Depois de negar por seguidas vezes o acesso do Expresso das Praias à informação que deveria ser pública, o colegiado decidiu divulgar, a seu modo, dia 13, o balanço das propostas discutidas desde 2015. De forma nada republicana e muito menos isonômica, todos os membros do colegiado se negaram até então a detalhar quais eram as propostas em questão. 

Diante de um debate que só aparenta ser público, sempre vamos questionar: quais são os interesses atendidos pelo novo Plano Diretor? As respostas virão, ainda que não agora. Ainda que não das fontes oficiais.


* Leandro Cardozo de Souza, jornalista - editor do Expresso das Praias

Author: Leandro Cardozo de SouzaEmail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Leia Mais

Publicidade
  • 1
X

Right Click

No right click